Logo
  • Rua Antônio Giusepe Beutrameli, 82 - Sousas
  • (19) 3258-5993 | (19) 3258-1866 | (19) 99761-2055
  • Horário de Atendimento: 06h às 21h

Relevância do Day Hospital para o Setor de Saúde.

10 março, 2021

Nos últimos anos, os Day Hospitals surgiram e se desenvolveram em torno do conceito de desospitalização, propondo soluções eficientes a todos os indivíduos desse processo, sendo eles, paciente, médico e plano de saúde. Há diversos estudos, e um recente ensaio-clínico randomizado (RCTs) em Londres (Cochrane, Marshall et al.), que sugerem que os usuários dos serviços podem melhorar significativamente a mudança de sintomas neste ambiente de tratamento do que em enfermarias tradicionais, além da maior satisfação das famílias em relação a atenção ao paciente.

Os Day Hospitals são uma alternativa menos restritiva, oferecendo um serviço operacionalmente mais eficiente e com um melhor custo-benefício ao atendimento hospitalar. Outro aspecto muito importante é compreender que, com o desenvolvimento das técnicas e tecnologias cirúrgicas, bem como os avanços nas medicações e técnicas anestésicas permitiram que, obedecendo os critérios de elegibilidade, um hospital dia possa ser um local ideal para a realização de procedimentos de média complexidade.

O desenvolvimento da cirurgia ambulatorial está apoiado em razões médicas, psicológicas e econômicas. A resposta hospitalar tem sido positiva com a criação de unidades específicas, com centro cirúrgico isolado, circulação independente, separada funcional e administrativamente do corpo hospitalar. Evita-se a espera e a burocracia das internações, a disputa para a utilização de leitos hospitalares nos primeiros horários do dia e agrega-se a vantagem de menor trauma emocional, reduzido risco de infecção e menores custos dos procedimentos.

O crescimento anualizado médio entre 2010 e 2015 para o consumo per capita de saúde foi de 12,1%, o que demonstra a relativa inelasticidade e consequente força da demanda por saúde. Fonte: IBGE; BMI Research; Análise Sigel Capital.

Esse é um setor que está em constante crescimento não só no Brasil, mas mundialmente. Em 2012, nos Estados Unidos o conceito de Ambulatory Surgery Center — ASC está em franca expansão. Calcula-se que existam cerca de 5 mil unidades em todo o país. Enquanto no Reino Unido o Nacional Health Service (NHS) dispõe de um guia para hospitais dia, tanto relativo aos aspectos estruturais e às instalações, como em relação aos processos e procedimentos.

Na experiência norte americana os médicos passaram a investir nas estruturas de ASCs, em decorrência de problemas com agendas cirúrgicas concorridas, atrasos nas cirurgias e limitação de orçamento para investimentos em equipamentos dos hospitais gerais. A segmentação entre inpatient e outpatient ficou cada vez mais clara e algumas entidades representativas dos Ambulatory Surgery Centers foram fundadas para a defesa dos interesses dessas empresas.

O número de atendimentos outpatient diminuiu 3,3% entre 2016 e 2019, mas deve retomar com melhoria do cenário econômico. Fonte: IBGE; BMI Research; Análise Sigel Capital.

Essa realidade que acomete os EUA não é muito diferente da brasileira. Uma vez que mesmo com tantos modelos de negócio eficazes e que proporcionam uma melhor gestão dos pacientes, no Brasil ainda temos hospitais super lotados com pacientes que poderiam ser tratados em estruturas mais simples e com menores custos.

Outro fator importante na realidade norte americana e que não difere da realidade brasileira refere-se a população de terceira idade, que cada vez mais, em maior número, necessitará realizar procedimentos cirúrgicos em percentual crescente e para atender esta demanda os sistemas de saúde precisam se preparar desde já.

Neste contexto as estruturas de hospitais dia podem desempenhar um papel importante no planejamento dos meios para atender a esta demanda. A previsão é de que as pessoas inseridas no segmento de terceira idade terão uma demanda cirúrgica, que crescerá cerca de 47% até 2020 e as unidades de hospitais dia poderão atender com qualidade, segurança e com custos bem mais competitivos do que os hospitais convencionais.

São Paulo possui uma considerável população idosa e expectativa de envelhecimento, além da maior renda per capita do Brasil. A projeção populacional para 2050 indica que a população idosa de São Paulo será aproximadamente 3x maior do que é hoje. Fonte: EMIS; IBGE; Análise Sigel Capital.

Visando sempre oferecer os melhores investimentos, a BRAAIM nas próximas semanas irá lançar a oferta de investimento da BR SurgeryA empresa BR Surgery, localizada em São Paulo, opera com serviços de saúde com hospitais de especialidade e moderno centro cirúrgico de média complexidade, minimamente invasivo para até 60h de internação. Além de possuir unidades de consultório integrado com Hospital de Especialidade, Centro de Infusão, Diagnósticos, 40 leitos, e 8 salas de cirurgias ambulatoriais com equipamentos minimamente invasivos. Estrutura própria para reabilitação ortopédica e neurológica.

Vale ressaltar que o modelo de Day Hospital não substitui o modelo convencional dos hospitais. Este sempre será de fundamental importância para a sociedade. Porém, os hospitais tradicionais ficarão cada vez mais concentrados na alta complexidade, traumas e transplantes, enquanto as unidades de hospital dia serão direcionadas para a realização de procedimentos de média e pequena complexidade, com maior produtividade e agilidade, menores custos operacionais e com melhores resultados para a sociedade.

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para responder às suas perguntas. Pergunte-nos qualquer coisa!
👋 Olá, como posso ajudar?